fbpx

Conheça as principais causas da falta de libido masculina

A falta de desejo sexual masculina, conhecida como falta de libido, ainda é um tabu. Muitos homens evitam falar sobre a questão, mas é preciso entender que a diminuição na vontade de fazer sexo é algo que pode acontecer com qualquer pessoa.

No entanto, é importante estar atento aos sinais do corpo para reconhecer motivos que possam causar alguma mudança no comportamento habitual. A falta de libido pode ocorrer devido a um episódio pontual, um mal-estar ou indisposição momentânea. Mas, se essa queda no desejo for contínua, ela deve ser investigada.

A falta de libido masculina, na maioria dos casos, está associada a fatores psicológicos. Porém, há quadros causados por desequilíbrios fisiológicos ou algum fator externo.

Com o desejo sexual em baixa, os homens diminuem os pensamentos sexuais e mantêm relações sexuais com menos frequência. Mesmo a estimulação sexual por imagens, palavras ou toque podem falhar na tentativa de despertar o interesse.

Na maior parte dos casos, até os 50 anos de idade, a falta de libido masculina está associada a motivos emocionais, ligados a problemas na relação, impotência sexual, estresse, cansaço, entre outros.

Mas, para tudo há solução! Para tratar a  falta de libido masculina, o primeiro passo é o diagnóstico, que deve ser conduzido por um médico urologista, preferencialmente aquele que for especializado na área de Andrologia.

Como tratar a falta de libido masculina?

São muitas as causas que podem resultar na falta de desejo sexual do homem, resultando, assim, em muitas soluções para cada uma delas. Por isso, o tratamento varia de acordo com cada situação.

A perda de libido nos homens pode ser ocasionada por fatores, que vão desde as questões hormonais, como a baixa da testosterona; aos fatores psiquiátricos (depressão), psicológicos (ansiedade) ou neurológicos (AVC).

Um check-up médico é muito importante para avaliar o paciente inicialmente, uma vez que a perda da libido pode ser sinal de que algo não vai bem no organismo. Problemas hormonais, diabetes e doenças cardiovasculares, por exemplo, precisam ser investigadas.

Após o diagnóstico do paciente, o tratamento pode prosseguir com terapia sexual, se o caso for psicológico ou uso de medicamentos, se houver a necessidade, por exemplo, de uma terapia de reposição hormonal masculina.

Além do tratamento com terapia ou medicamentos, algumas mudanças de hábitos na rotina do paciente, como a prática de exercícios físicos e uma alimentação mais saudável, podem contribuir muito para o resgate do desejo sexual e isso vale para homens e mulheres.

Os pacientes que buscam diagnóstico e/ou tratamento para falta de libido masculina podem agendar atendimento com o Dr. Homero Ribeiro, médico urologista com atuação em medicina sexual masculina. O Dr. Homero é referência em Brasília no tratamento para as doenças que afetam a sexualidade masculina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia também

Siga-me no Instagram

Dr. Homero Ribeiro

Urologista em Brasília

CRM-DF 15092 | RQE 13443

Disfunção erétil
Reposição hormonal
Ejaculação precoce
Doença de Peyronie
Prótese peniana

Menu