fbpx

Você conhece a conexão entre o sono e a produção de testosterona?

Além de atrapalhar a sua vida pessoal e profissional, dormir mal também pode provocar queda na testosterona, o que está diretamente associado à saúde sexual masculina. Especialistas concluíram que a produção de testosterona atinge o pico durante as primeiras 3 horas de sono ininterrupto. Por isso, é fundamental que você tenha uma rotina de sono equilibrada e saudável, de modo que os outros pontos da sua vida não sejam afetados. 

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Chicago, a medição de testosterona é, de fato, menor após uma noite de sono mal dormida do que comparado à uma boa noite de sono. Portanto, problemas como insônia podem impactar consideravelmente na produção de hormônios, sobretudo os sexuais, como a testosterona, ocorrendo principalmente se essa dificuldade seja na segunda metade da noite.

Lembre-se: sintomas como baixa energia e concentração, sonolência e redução na libido não são normais! Procure um urologista para entender o que está acontecendo e buscar o tratamento adequado para o seu sono e sua saúde sexual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia também

Siga-me no Instagram

Dr. Homero Ribeiro

Urologista em Brasília

CRM-DF 15092 | RQE 13443

Disfunção erétil
Reposição hormonal
Ejaculação precoce
Doença de Peyronie
Prótese peniana

Menu