fbpx

Como usar a bomba peniana durante o sexo?

Desde a década de 80 é aprovado como forma de tratamento para a disfunção erétil (impotência) o uso de dispositivo de ereção à vácuo, popularmente chamado de “bomba peniana”. Esses dispositivos criam uma pressão negativa “vácuo” produzindo uma ereção. 

Acredita-se que o mecanismo da rigidez peniana induzida por vácuo seja o aumento do fluxo sanguíneo arterial cavernoso. A aplicação do anel de constrição reduz a saída venosa de sangue, evitando assim a perda precoce da ereção.

A maioria dos dispositivos de ereção a vácuo consiste em uma bomba (manual ou alimentada por bateria), um cilindro e geralmente um anel de constrição. 

Os pacientes e suas parcerias devem receber instruções individuais sobre o uso desses dispositivos e devem esperar um período de aprendizado ou prática para alcançar os melhores resultados.

Uma forma mais adequada para o uso da bomba peniana durante o sexo, com objetivo de melhorar a qualidade da ereção, é da seguinte forma: 

  • O anel é inicialmente colocado na base do cilindro, e a bomba é conectada à extremidade final do cilindro (bomba manual). Um lubrificante solúvel em água (ex. vaselina) é espalhado na base do pênis para obter uma melhor vedação na pele. 
  • Uma vez que o cilindro é colocado corretamente ao redor do pênis, o paciente começa a bombear, criando assim um vácuo. É sugerido não manter por longo tempo, no máximo 5 minutos contínuos. 
  • Depois que a rigidez peniana adequada for obtida, o anel de constrição é deslizado pelo cilindro para a base do pênis. O vácuo é liberado, o cilindro é removido e o paciente está pronto para a relação sexual. O anel de constrição não deve ser deixado no pênis por mais de 30 minutos para evitar isquemia

A bomba peniana tem poucos efeitos colaterais. Os eventos adversos incluem dormência e/ou dor peniana, sensação de frio peniano e hematomas. As contraindicações são distúrbios hemorrágicos e priapismo. 

Devemos ter em mente que quase todos os pacientes que apresentam disfunção erétil (impotência) de qualquer grau ou duração, bem como pacientes que falharam em outras formas de tratamento, são candidatos à terapia a vácuo.

O uso da bomba peniana é um considerado um tratamento seguro e eficaz, não invasivo, relativamente fácil de usar e de custo baixo. Além de tudo pode ser usado em conjunto com outros tratamentos.

*Fonte: The Resurgence of the Vacuum Erection Device (VED) for Treatment of Erectile Dysfunction

The Journal of Sexual MedicineVol. 10Issue 4p1124–1135Published in issue: April 2013

(Dr. Homero Ribeiro de Paula Filho – Urologia | CRM-DF 15092; RQE 13443)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia também

Siga-me no Instagram

Dr. Homero Ribeiro

Urologista em Brasília

CRM-DF 15092 | RQE 13443

Disfunção erétil
Reposição hormonal
Ejaculação precoce
Doença de Peyronie
Prótese peniana

Menu