fbpx

Existe cirurgia para ejaculação precoce?

A resposta é sim. Existe cirurgia para ejaculação precoce. O procedimento mais estudado é a retirada de um nervo do pênis, chamado nervo dorsal, que fica na parte de cima do órgão, é o responsável pela sensibilidade da glande e também participa da ereção. Então, o objetivo é diminuir a sensibilidade na glande, aumentando assim o tempo para ejacular.

Essa cirurgia para ejaculação precoce é realizada em países orientais, principalmente China e Coreia do Sul. Um estudo recente com mais de 4 mil coreanos demonstrou que 54% dos pacientes submetidos ao procedimento estavam satisfeitos.

A cirurgia para ejaculação precoce possui riscos

A grande crítica a este tratamento são os riscos, entre eles a possibilidade de perda total da sensibilidade do pênis e também a disfunção erétil.

Atualmente, a Sociedade Internacional de Medicina Sexual (ISSM), bem como a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), não recomendam essa cirurgia para ejaculação precoce, pois ela é considerada um tratamento experimental, com segurança e eficácia não comprovadas.

Formas seguras de tratamento

Existem outras formas de tratamento bastante eficazes para ejaculação precoce. É importante ser avaliado por um urologista especialista nessa área para avaliar qual tratamento será o mais indicado para você.

Post anterior
Como o álcool pode atrapalhar sua ereção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
WhatsApp WhatsApp