fbpx

Ejaculação precoce tem cura?

Para responder a essa questão é essencial categorizar os tipos de ejaculação precoce, e elucidar que quando os sintomas de uma disfunção ou doença desaparecem durante o tratamento, mas depois reapareceram, tal tratamento suprimiu apenas temporariamente os sintomas, sem uma cura definitiva do problema.

Em casos em que a ejaculação precoce é classificada como adquirida – aquela em que o homem ejaculava normalmente, mas ocorreu uma mudança repentina ou gradual no controle, como em casos de hipertireoidismo, o tratamento da tireoide pode levar ao desaparecimento completo e duradouro dos sintomas de ejaculação precoce, significando cura completa.

Em contrapartida, homens portadores de ejaculação precoce ao longo da vida, que é grupo de sintomas onde o homem ejacula em até 1 minuto, com todas parcerias e desde as primeiras relações, não existem dados científicos sólidos sobre a curabilidade desse tipo de ejaculação precoce. Em outras palavras, o tratamento medicamentoso não “cura”, mas apenas diminui e controla seus sintomas.

Pode não haver uma cura milagrosa para a ejaculação precoce, mas felizmente a maioria dos casos de ejaculação precoce podem ser controlados com eficácia usando os tratamentos corretos de um profissional urologista e sexólogo.

Post anterior
Plicatura: a cirurgia mais simples da doença de Peyronie
Próximo post
Saiba quais medicamentos podem afetar os níveis de testosterona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
WhatsApp WhatsApp