fbpx

Pornografia causa impotência?

Estima-se que oito em cada dez homens entre 18 e 30 anos consumam pornografia online mensalmente. E antes de completar 18 anos, quase 90% dos meninos já foram expostos à pornografia. Assistir à pornografia não é inerentemente ruim ou prejudicial, mas tem o potencial de contribuir para problemas sexuais no mundo real, principalmente quando é um hábito frequente. Mas será que a disfunção erétil – popularmente chamada de impotência – pode ter sido causada pelo excesso de pornografia?

Em essência, o uso frequente de pornografia pode mudar o desejo sexual de um homem, potencialmente na medida em que ele não fica mais excitado por interações sexuais da vida real. Esse fato parece ser o centro da causa da disfunção erétil induzida pela pornografia, que afeta homens jovens e saudáveis no final da adolescência e no início dos 20 anos, devido a se masturbar na pornografia com muita frequência.

Se você treina seu cérebro para a pornografia, é assim que se sai melhor. Então, quando você está com uma mulher de verdade, seu “cérebro pornificado” não está enviando sinal suficiente abaixo do seu cinto para ser despertado, desencadeando a impotência. É interessante notar que esses pacientes costumam não responder mais ao uso de medicamentos para a disfunção erétil. POR QUÊ? Porque a raiz do problema não está no pênis, mas é no cérebro.

O primeiro passo para superar esse problema é se afastar da pornografia por pelo menos alguns meses e considerar uma abordagem com um sexólogo. Muitos homens têm uma opinião negativa sobre a terapia, mas, às vezes, conversar sobre seus problemas é a melhor maneira de resolvê-los.

Post anterior
Cirurgia de fimose (circuncisão) cura ejaculação precoce?
Próximo post
Por que seus testículos diminuem de tamanho quando se usa anabolizantes

1 Comentário. Deixe novo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
WhatsApp WhatsApp