fbpx

6 motivos para todo homem com doença de Peyronie fazer a avaliação ultrassonográfica doppler do pênis

A doença de Peyronie é uma curvatura anormal do pênis que ocorre durante uma ereção. A curva se desenvolve pela placa que se acumula em uma área de tecido no pênis. Estima-se que a doença de Peyronie ocorra em aproximadamente 1 a 5% dos homens.

O valor de uma fotografia tirada em casa do pênis ereto é controverso, por causa da incapacidade de representar adequadamente e medir uma deformidade que é tridimensional, não avaliando adequadamente a gravidade da doença de Peyronie.

Atualmente, é de suma importância no diagnóstico e avaliação pré-operatória a realização de um exame de imagem, a ultrassonografia doppler de pênis com ereção induzida.

Com esse exame, será possível avaliar objetivamente:

  • o grau e direção da curvatura;
  • o comprimento do pênis;
  • a presença de deformidade e instabilidade na haste peniana;
  • a localização e tamanho dos nódulos calcificados no pênis;
  • avaliação hemodinâmica dos vasos sanguíneos do pênis;
  • a presença e grau de disfunção erétil. 

A ultrassonografia doppler de pênis é um exame que faz parte de todas as diretrizes e recomendações das principais sociedades de urologia – Europa, EUA e Brasil – para um diagnóstico mais preciso possível e, dessa forma, propor um tratamento individualizado para os homens com a doença de Peyronie. 

O urologista especialista em saúde sexual masculina é o profissional capaz de realizar esse exame de forma adequada, pois só ele sabe o quanto essa doença causa transtornos ao homem, em que um diagnóstico e tratamento precisos se tornam muito importante.

Post anterior
Vasectomia não causa impotência
Próximo post
Creme, spray e preservativo para o tratamento da ejaculação precoce

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
WhatsApp WhatsApp